Baleia de 35 toneladas é içada para liberar rota de navios na Espanha

A organização de resgate marítimo Equinac retirou com sucesso do mar a carcaça de uma baleia que flutuava perto da costa de Almeria, na Espanha.
A carcaça de 35 toneladas, que punha em risco embarcações, foi içada e levada até um caminhão para ser despejada em um terreno
A baleia, de 15 metros, estava sem parte de sua cauda.
O biólogo Alexander Sánchez disse que a hipótese mais provável é de que o animal tenha perdido a cauda no choque com um navio.
Segundo o biólogo, colisões do tipo são 'infelizmente' comuns. Não é possível determinar, no entanto, se essa colisão ocorreu antes ou depois da morte da baleia.
A baleia estava morta há alguns dias e sua carcaça, em adiantado estado de decomposição
Normalmente, carcaças de baleias mortas são içadas com uma corda envolta à cauda, impossível neste caso, tornando a operação mais complicada.
Considerou-se também explodir a carcaça, mas não seria possível garantir que todas as partes afundariam.
A baleia-comum, também conhecida como baleia-fin, é um animal ameaçado de extinção.
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: