Vários exemplares de coiotes são flagrados nas ruas de Nova York

Coiote foi flagrado no telhado de um bar em Long Island, (Foto: Reprodução/YouTube/CBS New York)
"Ao menos 5 animais foram vistos em diferentes bairros da cidade este ano.
Para especialista, coiotes vivem no Bronx, única área ligada ao continente.


Do G1

Primeiro, um foi encontrado sobre um telhado de Long Island City, depois, no sábado (26), a polícia apreendeu um espécime na parte baixa de Manhattan e nesta segunda-feira (27( outro foi avistado na frente de uma casa no Queens: os coiotes parecem ser os novos imigrantes de Nova York.

Desde o início do ano, pelo menos cinco desses animais - geralmente associados ao oeste e ao sudoeste dos Estados Unidos - foram localizados em diferentes bairros de Nova York, despertando a atenção dos vizinhos, da imprensa e das autoridades.

Tratam-se de exemplares do chamado "coiote oriental" (cujo nome científico é Canis latrans), que se parecem com cachorros da raça pastor alemão, mas podem ter até 1,5 metro de comprimento.

O evento mais marcante até agora foi a captura, no sábado passado, pela polícia de um coiote em Battery Park City, no sul de Manhattan, não muito longe de onde o novo One World Trade Center está sendo construído.

O animal foi avistado no início da manhã e as autoridades o perseguiram por cerca de uma hora para encurralá-lo perto de um café e sedá-lo com um dardo, disse o Departamento de Polícia de Nova Iorque (NYPD) em comunicado.
"O coiote está atualmente alojado no Centro de Controle e Cuidado Animal" da cidade, informou o NYPD nesta terça-feira (28) em e-mail enviado à AFP.

Imagem divulgada em 27 de abril pela Polícia de Nova York mostra exemplar fêmea de coiote que foi capturada na região da Baixa Manhattan (Foto: NYPD/AFP)
Na segunda-feira, um morador do bairro de Middle Village (Queens, nordeste), Joe Petito, publicou nas redes sociais uma foto de um coiote escondido atrás de um arbusto em frente a sua casa.

"Tem um coiote relaxando em frente a minha casa... Sim, em Middle Village", escreveu Petito em sua conta no Twitter.

Antes, no mês passado, outro coiote havia sido flagrado no telhado de um bar em Long Island City (Queens). A polícia tentou capturá-lo, mas não teve sucesso.

No Bronx desde 1990

O Departamento de Parques da cidade lembrou que "coiotes são comuns em todo o estado de Nova York, incluindo áreas urbanas, como confirmado por observações recentes".

"Não há necessidade de ter medo caso se aviste um coiote. A maioria não é perigosa para as pessoas", disse um oficial do departamento de imprensa, Sam Biederman, detalhando uma série de medidas que devem ser tomadas em caso de encontro, como não alimentá-los ou fazer barulho para mantê-los afastados.
Se no passado a presença de coiotes nos Estados Unidos estava concentrada nas pradarias do meio-oeste e do sudoeste árido, hoje eles podem ser encontrados nas florestas da América do Norte de costa a costa.

Em artigo publicado no ano passado na revista "Environmental Protection", do estado de Nova York, o especialista Don Bogan falou sobre "o aumento da presença dos coiotes orientais" e sua presença no subúrbio de Nova York desde a década de 1990.

"Os coiotes vivem no Bronx, o único bairro da cidade de Nova York ligado à parte norte do estado e ao continente. Às vezes, esses exploradores furtivos entram em outros distritos da ilha", escreveu.

Em seu artigo, Bogan disse que um coiote foi fotografado no Queens em 2011 e, dois anos mais tarde, outro foi flagrado em Bridgehampton, Long Island, no leste de Nova York.

Destes dois episódios isolados em 24 meses, os casos aumentaram para pelo menos cinco entre janeiro e abril, embora ainda não se saiba se tratam-se de animais diferentes.

De acordo com a revista "Newsweek", uma coiote fêmea foi capturada em 10 de janeiro passado em Riverside Park, noroeste de Manhattan, e outra no leste da cidade duas semanas depois. Os dois animais foram soltos no Bronx."
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: