O cão prefeito, o bode fuzileiro e outros animais com títulos e cargos de vida pública


O trabalho de um animal pode ir muito além dos cães farejadores da polícia e dos cães que servem como guias.

Da BBC -

No começo da semana um pinguim recebeu honrarias militares na Escócia.

Além do pinguim condecorado, há cães prefeitos, gatos que gerenciam estações ferroviárias e pôneis que participam de cerimônias oficiais e até se encontram com a rainha Elizabeth 2ª na Inglaterra.

Veja abaixo alguns destes bichos condecorados e com muitas "responsabilidades" em seus trabalhos.

Sir Nils Olav, o pinguim-rei condecorado da Escócia
O pinguim brigadeiro

Sir Nils Olav não é um nobre, é um pinguim-rei que mora no zoológico de Edimburgo, na Escócia.

Nesta semana, Olav foi condecorado por militares noruegueses em uma cerimônia especial em Edimburgo.

Agora ele tem o título de brigadeiro e membro honorário da Guarda Real Norueguesa.

Com toda a pompa para uma cerimônia destas, mais de 50 militares noruegueses participaram da condecoração de Olav e o pinguim, com muita pose, inspecionou os soldados perfilados.

Mas por que a ave ganhou todas essas honrarias?

Porque o pinguim foi adotado como mascote pela Guarda Real da Noruega em 1972, e, desde então, tem subido na hierarquia do corpo militar.

A ideia veio de um major norueguês em visita ao zoológico de Edimburgo, durante uma das várias ocasiões em que a Guarda Real da Noruega participou de uma conhecida parada militar, a Royal Edinburgh Military Tattoo, que ocorre a cada ano na capital escocesa.


O cão prefeito

Este na foto é Duke, que na semana passada foi reeleito para seu terceiro mandato como prefeito.

Duke, de 9 anos, da raça cão dos pirineus, se tornou o primeiro prefeito honorário da cidade de Comrorant, em Minnesota, nos EUA, há 3 anos.

A eleição fez parte de um evento beneficente de um festival anual da cidade, ganhou popularidade e virou tradição local.

Dizem que ele é o prefeito com o mais alto índice de aprovação do país.


O pônei e a rainha

Este não é um pônei qualquer. Para começar ele está na foto junto com a rainha Elizabeth 2ª.

O cabo Cruachan 4º é o mascote do Regimento Real da Escócia e participa de muitas cerimônias oficiais.

Como esta na foto.


A gata chefe de estação 

A gata Tama foi adotada pelo gerente da pequena estação Kishi em Kinokawa, no Japão. Ela "morava" ali e, aos poucos, virou objeto da afeição de funcionários e passageiros locais.

Em 2007, Tama passou a ser chamada de "chefe da estação", e, vestida com um chapéu da companhia de trens, passou a "receber" os passageiros que ali chegavam.

O sucesso de Tama foi tamanho que aumentou a circulação de passageiros em 17% e virou atração turística internacional.

Ela exerceu o cargo durante quase dez anos, até sua morte em 2015.


O bode fuzileiro

O fuzileiro Llywelyn foi escolhido novo bode do Royal Welsh Regiment, o regimento real do País de Gales.

Ele vive na base militar do regimento em Lucknow Barracks, Wiltshire, e é presença certa em cerimônias locais.

Segundo o regimento, ele foi escolhido após uma "árdua pesquisa" em vários rebanhos locais. Sua rotina diária inclui exercícios e inspeções - ele tem que estar sempre limpo e asseado.

Entre chegou a participar da parada militar em Londres em homenagem aos 90 anos da rainha Elizabeth 2ª.
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: