10 dos animais mais mortais do mundo

Também conhecida como “medusa” ou “vespa do mar”, a água viva, apesar da aparência curiosa e inofensiva, mata mais de 100 pessoas por ano. Existem mais de mil espécies diferentes de águas-vivas em todo o mundo, muitas delas encontradas principalmente no litoral brasileiro. Uma das espécies de água-viva mais perigosa é a água-viva australiana: sua picada pode até matar! Essa espécie possui um veneno mortal, que já matou muitas pessoas na Austrália. As outras espécies que não matam, queimam. Em contato com a pele do ser humano, a água viva injeta toxinas, o que produz a sensação de queimadura. O grau da queimadura varia dependendo da espécie.
Existem mais de 375 espécies de tubarão em todo o mundo. Com grande capacidade de caça, pouca sensibilidade à dor e olfato aguçado, o tubarão é um animal temido por muitas pessoas. Embora sua preferência alimentar não seja os seres humanos, mas peixes, lulas, tartarugas e outros animais marinhos, eles representam sim muito perigo às pessoas. Isso por que o tubarão age por instinto, e são quase sempre imprevisíveis.
O hipopótamo é um dos maiores mamíferos do mundo. Geralmente encontrados na África, os hipopótamos matam mais pessoas na África do que qualquer outro animal de grande porte: cerca de 200 pessoas por ano. Eles têm diferentes razões para um ataque – o macho ataca para defender o seu território, já a fêmea ataca para defender seus filhotes.
Esse animal elegante e também perigoso, mais conhecido como o rei da selva, possui alto instinto de caça, sendo muito rápido quando precisa de alimento. Os leões geralmente preferem manter distância dos humanos, mas se estiverem famintos eles atacam – e seus ataques quase sempre são fatais.
O búfalo-africano ou búfalo-do-cabo, é um mamífero oriundo da África, sendo um dos animais mais perigosos da região. Por isso, também tem fama de “morte negra”. O búfalo-africano tem um instinto impulsivo e altamente agressivo, por isso é bom manter distância! Mas não se preocupe, essa espécie não existe no Brasil.
Tido como o maior mamífero terrestre do mundo, o elefante muitas vezes é visto como inofensivo, mas se engana quem pensa que os elefantes são fofinhos como nos desenhos animados. Esse animal já causou mais de 600 mortes na África. Geralmente os elefantes atacam quando são vítimas de maus tratos ou quando se sentem ameaçados.
Crocodilos matam até 2 mil pessoas por ano – sendo um dos animais mais mortais do mundo. Sua principal arma é sua mandíbula repleta de dentes afiados, prontos para atacar. Eles podem ser encontrados em vários países, e vivem geralmente em margens de rios. Outro aspecto perigoso dos crocodilos: eles adoram carne humana, mais do que qualquer outro animal.
Apesar do tamanho, esse animal consegue ser mais perigoso e fatal do que muitos outros de grande porte: eles causam até 5.000 mortes por ano! Podem ser encontrados em praticamente todos os países, são noturnos, discretos e adoram ambientes escuros. O veneno do escorpião é altamente mortal, por isso é preciso tomar cuidado, pois eles podem aparecer em ambientes domésticos, se escondendo até dentro de sapatos.
Há muitas espécies de cobras em todo o mundo. Algumas são inofensivas, mas outras são muito perigosas, como a naja, a cobra coral, a cascavel e a jararaca. Suas picadas podem causar de leve hemorragia à morte.
Acredite se quiser, mas o animal que mais mata pessoas no mundo é o mosquito – de 2 a 3 milhões de seres humanos por ano morrem por causa de doenças resultantes de picada de mosquito. As doenças transmitidas por eles são muitas, entre elas a dengue e a malária. Apesar do tamanho, mosquitos são mais mortais que leões, por exemplo. Eles têm o poder de disseminar doenças com muita facilidade, sendo necessário cuidado dobrado com esses insetos.
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: