Baleia-beluga e cantor fazem dueto com músicas de Vivaldi e Händel

O cantor lírico francês Philippe Jaroussky "treina" com
a beluga apelidada de Yulka (Foto: Divulgação/Cidade
das Artes e das Ciências de Valência)
"Contratenor francês Philippe Jaroussku participou de ação na Espanha.
Belugas são capazes de imitar a voz humana e emitem 33 sons diferentes.


Do G1

 As baleias-belugas são conhecidas como “canários do mar” por terem capacidade de emitir sons e “cantar”. Sabendo disso, o instituto Cidade das Artes e das Ciências de Valência, centro voltado à pesquisa científica da Espanha, reuniu o contratenor francês Philippe Jaroussku para um dueto inusitado.

Nesta quinta-feira (2), o cantor entoou trechos de peças dos compositores Vivaldi e Händel, e teve “ajuda” do exemplar de beluga batizado de Yulka, que respondeu ao artista com seus sons característicos.

Jaroussky aceitou o desafio depois de ficar sabendo que as baleias produziam sons distintos ao serem tocadas. Segundo com José Antonio Esteban, chefe de pesquisa do aquário onde o espécime de beluga vive, esses animais são capazes de emitir até 33 sons diferentes. A maioria pode ser ouvida dentro e fora da água.

Imitação da voz humana

Um estudo publicado em outubro de 2012 pela revista “Current Biology” afirma que essas baleias são capazes de imitar a voz humana. O cientista Sam Ridgway e seus colegas notaram sons pouco comuns próximo do tanque de golfinhos e baleias brancas –  ambos pertencentes à ordem dos cetáceos –, similares a uma conversa distante entre duas pessoas, mas que não era possível compreender.

Dias depois, os pesquisadores ficaram sem reação quando uma mergulhadora emergiu do tanque das baleias e perguntou a seus colegas quem tinha dado a ordem para que ela saísse. Uma análise acústica determinou que os sons vinham de uma fonte surpreendente: uma beluga chamada Noc.

Ao gravar os sons de Noc, a equipe descobriu um ritmo similar ao da fala humana e frequências mais baixas que os sons típicos das baleias, muito mais próximos da voz humana.

A investigação afirma que as baleias-brancas fazem sons por meio de seu duto nasal e não da laringe, como as pessoas. Por isso, para produzir sons humanos, o exemplar varia a pressão em seu trato nasal e realiza outros ajustes musculares. "
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: