Fotógrafo captura formas de vidas frágeis e surpreendentes no fundo do mar

O fotógrafo Alexander Semenov capturou uma série de fotos das formas de vidas mais frágeis no oceano, como a medusa Scyphozoa. (Foto: Alexander Semenov)
Semenov, de 30 anos, de Moscou, realiza a maior parte de seus trabalhos no Mar Branco, perto do Círculo Polar Ártico. (Foto: Alexander Semenov)
Semenov liderou uma equipe de mergulhadores da Estação Biológica do Mar Branco, da Universidade de Moscou. Durante quatro meses, ele monitorou expedições e tirou fotos diariamente. Esta imagem mostra uma medusa flutuante Hydrozoan. (Foto: Alexander Semenov)

"Com os equipamentos de fotografia subaquáticos mais modernos, é possível juntar arte e ciência em um coquetel perfeito", disse Semenov. (Foto: Alexander Semenov)
"Minha filosofia de pesquisa é parecida à dos naturalistas do século 19, quando a observação era o método geral para estudar a vida. Eu acredito que é muito importante para tornar a ciência popular", disse. (Foto: Alexander Semenov)
"Eu sonho em seguir os passos de famosos pioneiros do mergulho, criando uma nova 'Odisseia', uma que possa inspirar a próxima geração de exploradores e cientistas", disse o fotógrafo. (Foto: Alexander Semenov)
Semenov usa câmeras de alta tecnologia com luzes estroboscópicas, conseguindo, assim, capturar detalhes impressionantes. (Foto: Alexander Semenov)
A técnica ajudou Semenov a fotografar este exemplo de caracol marinho chamado de Anjo do Mar, um importante elo na cadeia alimentar do oceano e um bom indicador da saúde do ecossistema. (Foto: Alexander Semenov)
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: