Diabos-da-Tasmânia livres de câncer são soltos na natureza na Austrália

Filhotes de diabos-da-tasmânia escalam Dean Reid, gerente da Devil Ark, que prima pela conservação da espécie. A instituição soltou na natureza o maior grupo de diabos-da-tasmânia livres de um tipo de câncer que ameaçava a espécie de extinção (Foto: Jason Reed/Reuters)

"Doença facial reduziu população de animais de 10 mil para 250 mil. Programa tenta salvar espécie da extinção.

 Reuters

Um grupo de 22 diabos-da-Tasmânia considerados geneticamente livres de doenças foi solto na natureza na ilha da Tasmânia, na Austrália, como parte de um plano para salvar os marsupiais de um câncer que ameaça a espécie de extinção.

Os animais, que ficaram famosos com um personagem de desenho animado da Warner Bros, foram levados de avião desde Sydney até a Tasmânia, e soltos em uma área de mata nativa.

A população de diabos-da-Tasmânia caiu para 10 mil animais nos últimos anos – até 1996, eram estimados 250 mil exemplares da espécie na natureza.

Neste ano, ocorreu a descoberta de um tumor facial que atingia os animais, causando caroços ao redor da boca e na cabeça que dificultavam sua alimentação.

“Eles foram absolutamente dizimados por essa doença”, disse Mike Drinkwater, gerente de um programa Devil Ark de recuperação da espécie. “É uma doença muito, muito desagradável. Em três meses vemos os sintomas, e depois de seis meses eles se foram.”

O Devil Ark, parte de um programa para salvar a espécie da extinção, tem atualmente 180 animais, a maior população sem doença na Austrália.
Os animais saudáveis serão protegidos por cercas e outros dispositivos para prevenir a contaminação por animais contaminados.

O diabo-da-Tasmânia é o maior marsupial carnívoro do mundo, podendo atingir até 76 centímetros e 12 kg."
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: