10 Das raças de cachorro mais raras do mundo

1 – Pumi

O Pumi é uma raça de cães de origem da Hungria, e é muito difícil de ser encontrada fora de seu país. É considerado um cão de comportamento inquieto, cheio de energia, que adora se movimentar e está sempre alerta – por isso não é recomendável criá-lo em espaços pequenos. Ele age de forma reservada com estranhos, sendo um cão bastante desconfiado.

2 – Mastim tibetano

O Mastim Tibetano, também conhecido como Mastiff Tibetano, é muito popular na China, mas pouco conhecido no Brasil. É uma raça bastante antiga, sendo considerado um dos maiores cães do mundo – inclusive no valor, podendo custar milhões de reais. Os mastins tibetanos frequentemente são comparados a leões, pelo tamanho e por sua aparência, principalmente os mastins que possuem o pelo avermelhado. Essa raça atualmente é muito cobiçada por milionários chineses, sendo sinônimo de status social.

3 – Catalburun

Esse cão fofo e de orelhas compridas, originário da Turquia, possui uma característica única – o nariz dele é dividido. Por causa disso, ele possui um excelente faro, sendo um ótimo cão farejador e caçador. Apesar de ser popular em seu país, ele não é muito conhecido em outras partes do mundo.

4 – Bedlington terrier

Esse cãozinho fofo e exótico tem um comportamento carinhoso, dócil, divertido e brincalhão. O Bedlington é oriundo do Reino Unido, sendo considerado um cachorro raro em outros países. Ele chama atenção por sua pelagem e pelo formato reto de seu focinho, se parecendo com uma pequena ovelha.

5 – Mudi

Mudi é uma raça oriunda da Hungria – ele é resultado de cruzamentos entre animais de pastoreio e pastores alemães. É um cão de porte médio, com orelhas retas e a pelagem ondulada na maior parte de seu corpo. É um excelente cão de guarda, sendo muito esperto, atento e fácil de ser adestrado, compreendendo comandos com facilidade.

6 – Komondor

Komondor é uma raça de cão pastor originária da Hungria. É um cão de porte grande, com pelagem comprida e “embolada”, que necessita de cuidados especiais. O Komondor é um cão ágil, forte e que não se adapta muito bem a ambientes pequenos.

7 – Cão pelado peruano

Cão pelado peruano é uma raça canina oriunda do Peru  é muito parecido com os Cães Pelados Mexicanos. É uma raça muito antiga, e segundo o folclore peruano, abraçar esse cão pode curar problemas de saúde. É um cachorro dócil, porém teimoso e difícil de ser treinado, precisando de cuidados especiais para a sua pele, que sofre principalmente com as mudanças de clima.
8 – Boiadeiro das Flandres

O Bouvier, também conhecido como Boiadeiro, foi originalmente criado para ser um cão de pastoreio e de guarda dos rebanhos. É originário de parte da Bélgica e da França e possui uma aparência muito peculiar, tendo a pelagem mais comprida na face e o corpo robusto.

9 – Saluki

9 – Saluki

 O Saluki é originário do Oriente Médio, sendo considerado um cão real no Egito Antigo – e uma das raças mais antigas do mundo. O Saluki foi criado para ser um cão de caça, e sua estrutura óssea proporciona grande velocidade para isso.
 

10 – Löwchen

Este cãozinho fofo, dócil e de aparência sofisticada, surgiu na Europa, mais precisamente na França e Alemanha, tendo sido criado como cão de companhia para aristocratas. Em meados dos anos 70 ele foi considerado extinto, com apenas 65 exemplares no mundo inteiro. Atualmente há mais unidades do Löwchen pelo mundo, mas ainda é considerado um cão extremamente raro.
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: