'Ácaros briguentos' e outros destaques espetaculares de concurso de fotos microscópicas

Há um mundo não visível a olho nu que raramente temos a chance de observar. Com a tecnologia, agora podemos enxergar detalhes nunca antes vistos, como o desta mosca (Mymaridae), conhecida como "fairy fly" ("mosca fada", em tradução livre), captada por Raymond Sloss com ajuda de uma forma de coloração óptica utilizada em microscopia de luz.

A edição de 2015 da Scientific Imaging Competition (competição de imagens científicas), realizada a cada dois anos pela Sociedade Microscópica Royal no Reino Unido, revelou sua seleção de fotos vencedoras, incluindo essa colorida imagem de ácaros predadores obtida por Steve Gschmeissner com microscopia eletrônica de varredura (SEM).
Yuan-Chih Chang e Silk-Yu Lin, de Taiwan, registraram essas bactérias marinhas, as Simiduia agarivorans SA1T, tentando se comunicar.
Esta imagem, de Bernardo Cesare, da Universidade de Pádova (Itália), mostra cristais irradiados de sacarose formados pela cristalização de uma gota de um famoso drinque alcoólico de seu país.
Os Coccolithophores, plantas unicelulares que vivem em grupos nas camadas superiores do oceano, aparecem nesta imagem de Steve Gschmeissner.
Esta ameba, a Euglypha strigosa, foi colorida artificialmente com microscopia eletrônica de varredura (SEM) por Maxence Delaine, da Universidade de Franche-Comté (França). O organismo constrói sua concha com placas de sílica e espinhos que ele mesmo produz.
Esta imagem da cabeça de uma mosca Drosophila, mais conhecida como mosca-das-frutas, foi feita por John Runions, da Universidade Oxford Brookes, do Reino Unido, a partir de um velho slide de aulas de 30 anos de idade.
Com microscopia eletrônica de varredura, este pólen Forsythia teve a cor reforçada nesta imagem produzida por Peter Bond, da Universidade de Plymouth, no Reino Unido.
Esta imagem mostra a uma larva de um mosquito, iluminada com luz polarizada por David Linstead, que uniu 54 imagens com um software de computador.
'Happy Cyanobacteria" ("Cyanobacteria Feliz) é, por motivos óbvios, o título desta imagem produzida por Mariona Hernandez com microscopia de transmissão eletrônica. A cyanobactéria foi encontrada em amostras de biofilme das Catacumbas de Santa Domitila, em Roma.
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: